"Viver o momento é espiritualidade, viver em movimento é Divindade" (B.K.S. Iyengar)

Navegante do planeta Terra, realizo que eu sou a Terra e a Terra sou eu. Bem vind@ a este divino encontro, essa é a hora! Estamos Aqui e agora, simplesmente para EVOLUIR. Aqui ao meditar, sem mover ou sair do lugar, é possível viajar por todo o universo interior. Agora ao movimentar-se, a magia do viajar por qualquer lugar para tornar-se um ser em expansão pelo universo. A vida é uma viagem, uma longa jornada ao encontro da essência, o Si Mesmo, a fim de receber o presente da Divindade em cada Ser e, consciente, ascensionar. Na doce ternura todas as portas se abrem, o AMOR é a chave mestra!

Te convido a penetrar nesta experiência do recordar e DESPERTAR. Cada mensagem é como entrar no trem da vida! Desfrute destes momentos compartilhados.

OM Tat Sat OM ... Tat Twan Asi.
Assim é! Muito simples, apenas, é Isto!

terça-feira, 27 de fevereiro de 2007

Satisfazendo sonhos nas cavernas de Ellora

Tudo certo, consegui entrar sem pagar, economizando umas 250 rupias ;) e ver o templo Kailash maravilhosamente esplendido. Eh um dos mais lindos que vi escupildos na pedras!!!





Olha que beleza os raios dourados do sol... Que magia!!!

Essas cavernas de Ellora nao cansam, sao em torno de 34 cavernas budistas, hinduistas e jainistas. Cada uma com sua particularidade....


Uma enorme stupa com Buddha sentado em meditacao, com os guardioes ao lado dele e em cima seres celestiais...
Numa das cavernas budistas, sentei dentro do hall e de frente para Buddha meditei, mas eh um entra e sai de gente que nao ah silencio. Conheci uma tcheca que me disse que na china eh bem diferente, tem todo um respeito nesses lugares e as pessoas sao mais silenciosas.



Abaixo, algumas fotos das cavernas hinduistas:


Shivalinga esta em todos os templos, mesmo os que sao de Vishnu...


Numa das cavernas as esculturas retratam partes das escrituras, como essa do sono de Narayana e Brahma saindo do umbigo dele...

Os moradores das cavernas, morceguinhos...

Jaya Ganesha!!!


E depois subi na montanha para ver o por-do-sol, lindo demais!!!


Nisso o parque das cavernas estava na hora de fechar e eu percebi que nunguem notara que eu estava la, assim fiz a escolha de passar a noite nas cavernas. Estava com vontade disso a algum tempo e essa era a oportunidade!

Depois que o sol se por fui para umas cavernas mais no topo dedicadas a Ganesha, onde tem lindos pocos que na epoca da chuva formam cachoeiras...

Estava em jejum o dia todo, parece que tinha me preparado para este momento de conexao espiritual! Sentei para meditar e fiquei ali um tempao, ouvindo os diversos da natureza que vem com a noite chegando.

Depois fui procurar uma caverna, pois o frio da noite estava dando anuncios de chegar. Achei uma que alguem tinha deixado oferenda de flores e de fogo, era um templo para Ganesha e achei a mais propicia, tinha ate um plato de pedra para deitar.

Continuei minha meditacao ate um momento que senti necessidade de adormecer... Estava em extase e super feliz, foi uma experiencia incrivel!!!

Mas eu nao estava totalmente relaxada, pois eu tomara a decisao sem nem me preocupar com nada e na hora que a noite chegou mesmo, diversos questionamentos vieram a tona.

Foi uma boa licao, porque fiz uma otima avaliacao de mim e de minhas atitudes, de minhas aventuras em suas sanidades e loucuras... Vieram aspectos que eu preciso aprefeicoar!!! E quando o fogo apagou, ai entao eu pude sentir o friozinho na barriga e vivenciar muito mais coisas...

Muitas perguntas, muitas respostas, muitos ensinamentos, muita conversa comigo mesma e na confianca que estava envolta por um campo protetor. Assim, nada de mal me aconteceria e se vinha alguma pensamento negativo eu varria ele para fora de mim e me sentava para meditar de novo!

Num determinado momento ate tentei sair dali, mas no escuro com a pouca luz da lua foi impossivel sair dali. Senti uma voz me dizendo: - "Pediu, agora encare de frente. Aguenta e va ate o fim!"

Que bronca!!! Sorri para essa voz e voltei, fiquei a contemplar as estrelas, estava tudo muito gostoso de admirar. E quanto mais eu meditava, menos especulacoes e menos turbulencias, mais ainda eu sentia o quanto importante tinha sido minha escolha e quanto coisa de mim eu tenho a descobrir e quanto tenho a melhorar tambem... Como tambem a percepcao do poder divino fluindo e abencoando sempre...

Sozinha, podemos olhar melhor para dentro e ver a luz e a sombra que esta dentro e fora de nos!!! Nao sei quantas horas fiquei sentada meditando, mas logo o frio chegou forte, ja devia ser madrugada e assim fui para outra caverna nao tao escura e me deitei.

Consegui dormir, porque dentro das cavernas, as pedras seguram o calor do dia. E nesse momento tinha certeza que nenhuma cobra ou qualquer outro animal me pertubaria.... afinal, os antigos yogues nao faziam isso? Entao eu tambem podia! Hum, mas logo conversei com meu ego, porque afinal eu nao tinha nada ali, nunca havia feito isso antes desse jeito, eu nao tinha nada de fogo, nada de protecao, nada de saco de dormir, era soh eu e Deus...

FE, eh tudo de bom! E nos da muita forca e percepcao de quem verdadeiramente somos...

Quando amanheceu, acordei com mantras que vinham de um dos templos perto das cavernas... Ver o nascer do sol foi o presente, depois recitei os mantras e meditei... Li o Bhagavad-Gita como tenho feito diariamente...

Depois fiz uma caminhada pelas montanhas, visitei um vilarejo no topo e retornei... Tomei um banho e segui viagem para Auramgabad...

Viva a FE!!!

Namaste!!!

3 comentários:

kurmiruna disse...

a FE é nossa conexao com nossa essnecia divina..parabens pela vitória!!!

fico orgulhosa de vocé, anjinho..!!

Kurmiruna quer dizer.."gente do arco iris", na lingua antiga dos quechuas, meus ancestrais..

a pombinha tá feliz!!

Ariane disse...

Tenho uma filha que se chama Elora e não sabia da existência dessas cavernas. Vc sabe o que significa Elora por lá?

Obrigada.

ÁTMA - Sou alma, existência no arco-íris de um violeta-multicolorido disse...

querida ariane, eu nao sei nao o que significa viu? até procurei no google e nao achei o significado ;)

puxa!!!